Informações Importantes antes de viajar

Documentos Necessários: Para cidadãos brasileiros, são aceitos somente passaporte com validade mínima de 06 meses a partir da data de chegada no país, com mínimo de 3 páginas em branco, lado a lado (ainda assim alguns países exigem um número maior de páginas em branco).

Vistos: Brasileiros não precisam de visto para Itália, desde que viajando a turismo e com permanência de até 90 dias;

Vacinas: Brasileiros não precisam tomar nenhuma vacina para visitar a Itália;

Menor de Idade: Menores de 18 anos viajando desacompanhados: autorização por semelhança* de pai e mãe, com firma reconhecida em 3 vias (para menores viajando sem a presença do pai e da mãe ou acompanhados por terceiros maiores e capazes). A mesma regra se aplica quando acompanhados por apenas um dos pais, autorização por semelhança* do genitor que não viajará.

A documentação defeituosa ou incompleta – passaporte, RG, falta de vistos ou impossibilidade de entrada em algum país expressada ao passageiro por órgão oficial local - será de única e exclusiva responsabilidade do passageiro, eximindo a operadora de qualquer responsabilidade, inclusive do reembolso de qualquer tipo de despesas extras.

Seu bilhete aéreo deve ter o mesmo sobrenome do seu documento de identificação com o qual você viajará (passaporte).

Você sempre deve se apresentar no aeroporto com antecedência. Para vôos internacionais, pelo menos três horas. Recomendamos sempre confirmar com antecendência, junto a cia aéra, se o horário do seu voo está mantido ou se houve alguma alteração.

Bagagem: Cuidado com o excesso de peso! A maioria das companhias aéreas e operadores terrestres aceitam uma mala de 20kg e uma bagagem de mão de 5kg. Mas lembre-se que você provavelmente fará compras durante a viagem.

Ônibus turístico em sua viagem: Você irá passar muito tempo no ônibus, não podendo parar onde e quando desejar.
Tenha em conta que o padrão do ônibus europeu é um tanto diferente do brasileiro. O espaço é mais reduzido e as poltronas, embora confortáveis, são mais rígidas e preparadas para viagens de longa distância.

Os ônibus não possuem banheiro a bordo e quando há, seu uso não é permitido pela legislação européia por questões de higiene e segurança. Por isso, aproveite as paradas técnicas para utilizar o banheiro.

Também em cumprimento da legislação européia, não é permitido permanecer em seu interior enquanto o restante do grupo faz uma visita ou passeio.

Você estará compartilhando esse espaço durante toda sua viagem, com diferentes pessoas e hábitos. Para o bem estar de todos, a higiene e limpeza devem ser observadas.
Lembre-se: deixe o espaço utilizado do mesmo modo que gostaria de encontrá- lo no dia seguinte.

Guias e Motorista A maioria de nossas viagens possuem 03 profissionais envolvidos:
- Guia acompanhante ou assistente é profissional que acompanha o grupo durante todo o percurso e atua no suporte às questões técnicas, operacionais e logísticas da viagem.

- Guia local é um profissional graduado, qualificado e licenciado para atuar como guia turístico. Este profissional dá assistência nas visitas aos locais.

- Motorista tem a função de conduzir o grupo no cumprimento da programação (deslocamentos, passeios, visitas).

A principal função destes profissionais é dar atendimento aos passageiros na prestação dos serviços incluídos na programação e na coordenação das atividades do grupo, e não estão disponíveis para atender às necessidades pessoais de cada integrante do grupo.

Não é atribuição deles carregar malas, acompanhar o passageiro em atividades pessoais, estar disponível em horários extras ao da programação da viagem ou qualquer outra atividade que não a restritamente pertinente ao roteiro de viagem.

Pontualidade: Seu roteiro de viagem prevê uma série de atividades e deslocamentos. Por isso, é importante observar a pontualidade.
Esteja atento às instruções do acompanhante e/ou guia sobre os horários, duração das visitas, pontos de encontro, entre outras.
Lembre-se que você faz parte de um grupo e a programação não deve ser prejudicada pelo atraso de alguns participantes.

Hotéis: A Europa é conhecida como o “velho continente”, berço da cultura e história.
Conserva maravilhas do nosso passado e atrai gente do mundo inteiro para apreciá-las.
Cidades inteiras são consideradas Patrimônio da Humanidade, ruas e edifícios são tombados como patrimônio histórico e cultural.
Freqüentemente os hotéis são instalados em edifícios antigos e por vezes não oferecem muitas facilidades. Leve em conta o contexto no qual estão inseridos.
Os circuitos europeus se utilizam de hotéis localizados fora da região central, visto que os hotéis centrais possuem número reduzido de apartamentos e não acomodam grandes grupos. Além disso, a legislação européia restringe a circulação de ônibus de turismo nas áreas centrais das cidades.
Os hotéis mencionados no roteiro de viagem são os previstos e poderá haver a alteração sem prévio aviso. Para visitas a alguns destinos turísticos, especialmente em grandes capitais européias (por ex. Paris,Berlim) assim como em cidades como Milão e Florença, sempre que a estadia do grupo coincidir com algum grande evento (feiras, congressos, etc), a hospedagem do grupo poderá ser em cidades vizinhas.
Em Veneza a hospedagem é em cidades vizinhas** (Mestre, Marghera, Treviso, Pádua entre outras) visto que a ilha não comporta a acomodação de grupos, além do excessivo custo das diárias dos hotéis, o que inviabilizaria a manutenção do custo X benefício que os circuitos europeus oferecem. ** obviamente se o grupo for pequeno e quiser ficar na ilha, deve ser comunicado no momento da solicitação de orçamento.
A Itália recebe cerca de 50 milhões de turista anualmente, por isso é imprescíndivel as reservas com a maior antecedência possível.

Ligações Internacionais: Com a internet ficou muito fácil se comunicar com o Brasil. Quase todos os destinos possuem cyber cafés, wi-fi em ônibus ou internet nos hotéis. Mas, se quiser ligar, prefira fazer as ligações de telefones públicos. Ligar de hotéis é caríssimo e eles cobram taxas mesmo em ligações a cobrar.
A opção mais econômica são os cartões telefônicos, vendidos em bancas de jornal ou lojas de conveniência. Com eles você liga para um número local, digita o código impresso no cartão e em seguida o telefone no Brasil (00 + 55 + código DDD + número do telefone).

Agora que você já sabe de alguns detalhes... Faça boa viagem!